Carta de amor aos mortos.

4 de fev de 2015
Oie galera!
Não costumo postar uma resenha atrás da outra, mas comecei a ler esse livro ontem, terminei hoje e ele me tocou de tal forma que achei que deveria vir compartilhar com vocês!

      Autor(a): Ava Dellaira
      Editora: Seguinte
      Número de páginas: 376
   



      Sinopse: Tudo começa com uma tarefa para a escola: escrever uma carta para alguém que já morreu. Logo o caderno de Laurel está repleto de mensagens para Kurt Cobain, Janis Joplin, Amy Winehouse, Heath Ledger, Judy Garland, Elizabeth Bishop… apesar de ela jamais entregá-las à professora. Nessas cartas, ela analisa a história de cada uma dessas personalidades e tenta desvendar os mistérios que envolvem suas mortes. Ao mesmo tempo, conta sobre sua própria vida, como as amizades no novo colégio e seu primeiro amor: um garoto misterioso chamado Sky. Mas Laurel não pode escapar de seu passado. Só quando ela escrever a verdade sobre o que se passou com ela e com a irmã é que poderá aceitar o que aconteceu e perdoar May e a si mesma. E só quando enxergar a irmã como realmente era — encantadora e incrível, mas imperfeita como qualquer um — é que poderá seguir em frente e descobrir seu próprio caminho.


Minhas breves palavras sobre o livro....

Dizer que amei já vale por toda a resenha, juro! 
Foi na livraria e vi esse livro, o nome me chamou atenção, a capa nem tanto, foi ai que resolvi que não compraria, até porque tinha lido a sinopse e não achei grande coisa. Ontem quando estava no trabalho, tive a magnífica ideia de baixar um livro em pdf para ler e por ventura eu resolvi baixar exatamente esse livro e digo para vocês que não julguem um livro pela capa, pelo nome e até mesmo pela sinopse.

O mais gostoso do livro é que a Laurel a personagem principal descreve sua vida através de cartas que ela escreve para ídolos que já morreram, isso tudo começou quando sua professora de inglês pediu para que seus alunos escrevessem uma carta para alguém já falecido. A vida tinha se tornado difícil e sem sentido para Laurel, pois havia muito pouco tempo que ela tinha perdido a irmã, seus pais tinham se separado e sua mãe tinha se mudado para Califórnia, deixando ela com o pai e com sua tia.
As cartas era um conforto e como um diário para ela, na sua nova escola ela conheceu pessoas especiais e essenciais, Hannah, Natalie, duas meninas que não sabiam do amor que florescia dentro delas, Natalie só queria proteger o pequeno mundo de Hannah, já Hannah sentia um vazio interminável dentro de si e se confortava fazendo coisas que nem mesmo ela sabia porque, Sky, o garoto misterioso por quem Laurel se sentia atraída e completamente segura, o problema de tudo isso era que ela não tinha coragem de contar para eles o que aconteceu no dia da morte de sua irmã May, por medo deles a deixarem, partirem e acharem que a culpa foi dela, essa desconfiança dos amigos acaba fazendo com que May se torne o que ela não é, ela tenta ser a garota perfeita que ela achava que a irmã era e acaba afastando quem ela mais ama.

Durante todo o livro eu fiquei completamente curiosa para saber o que tanto Laurel escondia, queria saber do porque de ter tanto medo, percebi que ela estava tomando  lugar da irmã dela e estava se esquecendo de ser ela mesma, mas com o passar da estória ela vai percebendo o que realmente a irmã era, percebe que precisa ser ela mesma para se sentir bem contudo.


Amei o jeito com o qual a autora resolveu narrar o livro, amei as cartas que Laurel mandou para todos os astros já mortos, sem contar que descobrimos um pouco da vida de cada um deles, o porque das mortes e entendemos que temos medos dentro de nós e que se não enfrentar, muito provavelmente teremos o mesmo destino de Kurt, Janis, Amy e entre outros....

Não posso falar muito sobre a edição do livro, pois li pela internet, mas o livro em si vale muito apena, se  não leu, LEIA!

Espero que gostem...
Beijos
Lua.

4 comentários:

  1. Queria ter gostado mais desse livro do que eu realmente gostei. O começo do livro é bem legal, mas depois de alguns capítulos eu comecei a ficar cansada da narrativa e as coisas começaram a ficar muito óbvias.

    http://www.laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Débora!
      Bom, chega uma hora que você fica completamente ansiosa para saber qual é o segredo e ela estende isso por muito tempo. Mas gostei bastante do modo como ele vai nos direcionando para o grande final, confesso que não fazia ideia do que seria esse segredo, então para mim o livro acabou se tornando perfeito.

      Excluir
  2. Oi flor, tudo bem???
    Só tenho lido elogios sobre esse livro... a temática é bem interessante e fico imaginando escrever cartas para astros que já se foram, tento entender o sentido disso tudo.. mas enfim... não gostei muito do enredo e da premissa... será uma dica que irei deixar passar... mas se você gostou da narrativa isso é o que importa... xero!!

    http://minhasescriturasdih.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie, tudo sim e espero que com você também!
      Eu realmente adorei a narrativa, muitas pessoas acharam cansativo ou um pouco enrolado, mas acho que as lições que o livro passa e o jeito com o qual vamos conectando cada personagem com algum famoso citado no livro, tudo fica muito mais divertido!
      Beijos!

      Excluir

 
© Biblioteca do coração - janeiro/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Maidy Lacerda. Se inscrevam clicando aqui
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo