Outro mês, outra resenha... O JARDINEIRO NOTURNO.

2 de mar de 2015
Oie meus amores! Tanta coisa para contar para vocês, mas isso deixarei para o próximo post ok? Hoje eu vim publicar a resenha que estava prometendo! Ah e antes que eu me esqueça... espero que tudo de bom aconteça para vocês nesse mês ;*



Editora: Planeta
Autor: George Pelecanos
Número de páginas: 384.

Sinopse: O Jardineiro Noturno, do aclamado escritor George Pelecanos, renova a literatura policial. Há 20 anos, T. C. Cook, policial de Washington, tentava desvendar uma série de assassinatos de adolescentes. Em vão. Agora, uma nova vítima foi encontrada numa horta comunitária. Exatamente como os jovens daquela época. Será que o assassino, apelidado de Jardineiro Noturno, está de volta? A resolução do caso transforma-se não apenas numa batalha de Cook com seus próprios fantasmas, mas também numa volta ao passado de Gus Ramone e Doc Holiday, dois outros policiais, então em início de carreira, que estiveram na cena do crime. O estilo inconfundível de George Pelecanos dá uma profundidade inédita ao romance de detetive. O Jardineiro Noturno eleva o gênero a sua melhor forma.

Minhas breves palavras sobre o livro....

Me interessei pelo livro porque a história é um romance policial e para quem não sabe eu curto bastante, tem mais adrenalina na hora da leitura rsrs. A história começa em 1985, em Washington, onde 3 policiais, sendo eles o sargento T.C. Cook, Dan Holiday e Gus Ramone, se encontram na cena de um crime que vinha se tornando comum, 2 jovens já tinham sido mortos e encontrados em uma horta comunitária, com um tiro na têmpora esquerda, o criminoso não deixava vestígio nenhum, limpava as vítimas, trocava suas roupas e a desovavam ali naquela horta, onde eram encontradas no dia seguinte pelos policiais, além dessas semelhanças, as 2 vítimas, mas essa nova que encontraram, tinham o nome palíndromo que se lidos de trás para frente não mudaria em nada e todas tinham vestígios de sêmem no reto juntamente com lubrificante.
Após anos, em 2005, sem pistas nenhuma daquele criminoso, o sargento T.C Cook já estava aposentado, Dan Holiday saira da polícia, só restou Gus Ramone, que tinha se casado e tinha dois filhos, Diego e Alana, Diego sofria muito preconceito na escola por ser negro, o que era comum naquela época... Em um certo dia, fora encontrado na mesma horta comunitária um jovem cujo o nome é Asa, com as mesmas características dos antigos homicídios e é ai que toda a aventura policial começa, Gus Ramone, Dan Holiday e Cook se juntam para então tentar desvendar de uma vez por todas quem é o Jardineiro Noturno.



Bom galera, eu gostei do livro, tenho que confessar que no começo é um pouco parado e
além de falar sobre as investigações do homicídio, o livro também conta sobre outros policiais que se envolvem com criminosos em busca de dinheiro e isso me irritou um pouco, porque as vezes desviava um pouco o foco da história, mas acabei entendendo que se tudo ficasse focalizado apenas nas investigações o livro não teria lá a sua graça. O legal da história é perceber os pontos tomados por todos eles para ir juntando as pistas, Cook já tinha suas suspeitas desde 1985 e ele ia atrás de quem ele achava ser culpado e ele era um sargento muito bem empenhado, pois mesmo aposentado ele sentia uma dívida enorme com as vítimas e famílias e por isso ele ainda tentava descobrir o crime, Dan Holiday se sente na obrigação de mostrar para todos que era um ótimo policial e Gus Ramone sempre as ordens era um ótimo investigador! Com isso o livro se torna engraçado e bem eletrizante, o final é surpreendente e eu me senti arrepiada com toda a história, além de dar um aperto no coração com todos os acontecimentos.

Sobre a edição, a editora pecou um pouco, não sei se isso aconteceu em todos os livros, mas o meu tinha um pequeno erro, pois após o término do capítulo 26 a editora colou 3 capítulos de um outro livro e depois tudo volta ao normal, pelo que eu li acho que não pulou nada da história pois consegui entender tudo que aconteceu dali para frente, mas mesmo assim isso é um erro que não é comum, mais tirando isso a capa te deixa mais curiosa, o título e tudo mais. Li opiniões de outras pessoas e vi que muitos desistiram da leitura, porque como eu disse, o começo é bem parado, a aventura começa mesmo quando os 3 se juntam e começam as grandes investigações!
Por isso, recomendo esse livro para quem ama romance policial e para quem tem certa paciência para esperar os picos de adrenalinas que só vem na metade do livro!


É isso amores, espero que gostem e até a próxima!
Beijos,
Lua

0 comentários:

Postar um comentário

 
© Biblioteca do coração - janeiro/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Maidy Lacerda. Se inscrevam clicando aqui
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo