(In)segurança

6 de abr de 2015
Oi pessoal,
hoje eu abri mão de alguma novidade ou algum assunto específico para abrir o coraçãozinho de vocês, principalmente aquelas que estão deixando a oportunidade passar diante dos seus olhos pelo medo da "segurança".

Aquele momento é crucial, é como se o tempo parasse e um segundo que fosse levasse a eternidade para passar. Ele está ali na sua frente, você só tem que dizer sim, mas ai nesse maldito segundo as lembranças de uma antiga dor tomam conta de suas veias, bloqueando qualque reação ou forma de interação.
O medo de ter que retomar toda aquela maldita dor que te preenchia, que te fazia lembrar todos os dias que aquele cara, não era o cara e agora você está destruida, tentando juntar os pedacinhos, mal sabe você que quem pode te reconstruir, colar todos os pedacinhos está bem na sua frente.
Ele está pronto, mas e você? Também está? É claro que está, você nunca deixou de estar preparada, vá em frente, entre de cabeça, se joga no escuro, valerá a pena. Não deixe que o medo do passado, tome conta do seu futuro, não rotule todos por conta de um, deixe sua mente vagar na maravilha que é se sentir amada e amar também, porque não existe melhor sentimento.
Já diziam outros loucos escritores que a vida é uma caixinha de surpresas, abra-a, descubra qual a surpresa, mas não deixe de descobrir o que te espera lá dentro pela maldita insegurança.
Ela me prendeu por muito tempo, no momento em que me vi livre desta gaiola chamada INSEGURANÇA, eu voei para longe, voei para os braços de quem me quer bem, de quem me tira o riso mais sincero, de quem me conforta, de quem me protege, voei para os braços daquele que me fez tirar o rotulo, me fez acreditar que até os dias mais frios, podem ser o verão. Fuja desta gaiola e eu te prometo que o que vem depois, valerá completamente a pena!

BEIJINHOS.

0 comentários:

Postar um comentário

 
© Biblioteca do coração - janeiro/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Maidy Lacerda. Se inscrevam clicando aqui
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo