Os diários de Bluebell - A vida depois de Iris.

30 de abr de 2015
Oiee!!!
Depois de muitoooo tempo eu voltei com as resenhas de livros, afinal, voltei a ler, ainda bem...
Hoje venho contar um pouquinho sobre minha paixão repentina por esse livro.


Editora: Martins Fontes
Autora: Natasha Farrant
Número de páginas:218

O livro todo é narrado pela Bluebel, a irmã do meio, que adora se aventurar escrevendo em seu laptop e filmando algumas cenas da família que acaba parando em seu diário também. A família da Blue é bem conturbada, depois da morte de sua irmã gêmea, Iris, seus pais acabam se afastando, sua mãe vive em Nova York trabalhando e seu pai vive Wirwik trabalhando também, sua irmã mais velha, Flora, é uma adolescente que só vive revoltada com a vida e seus irmãos mais novos Jas e Twig são sempre muito espertos e divertidos mas que no fundo também precisam de atenção e por fim Blue vive perturbada com essa distância que existe em sua família e ainda precisa saber lidar com a perda de sua irmã a exatos 3 anos.
Durante a história, Blue conhece Joss, um menino mais velho, seu vizinho, por quem ela acaba criando sentimentos, pois ele a ajuda a passar por cima de problemas que ela enfrenta na escola, mas ele não consegue ser perfeito, no entendo que ele acaba se relacionando com Flora e acaba partindo o coração de Blue (mas sempre tem alguém melhor né?), além de coração partido, Blue tem que lidar com as constantes brigas que acontecem em casa, pela falta dos pais e pela diferença na personalidade de cada um, ela encontra conforto em sua "babá" Zorran, um cara legal que seu pai contratou para cuidar das crianças em quanto eles não estiverem presentes, Zorran apesar de não saber agir com tantas crianças, acaba cativando cada uma delas por saberem exatamente o que eles sentem.


A história toda o leitor acaba percebendo os efeitos que a família sofre quando não estão mais unidos e  que é preciso ser feito para tudo voltar a ser como era antes, antigos amigos de infância voltam com tudo na história e dão um outro rumo na vida de Blue, amores não percebidos e até desconhecidos que de certa forma acalmam os corações alheios.
Amei a história em si, ela começou bem carregada e conturbada, mas no final de contas terminou leve, calma e cheia de paixão...


A edição do livro é incrível, adoro a transição do diário escrito para o diário filmado, já que a letra muda e o jeito de narrar também é diferente, a folha é bem grossinha e as letras são tranquilas de enxergar. Além de tudo isso, uma das coisas que me chamaram a atenção foi a capa, confesso que amei a capa, deu um ar um pouco misterioso, confuso, mas amei!
Super recomendo...

Então por hoje é isso.
Beijos
Lua


0 comentários:

Postar um comentário

 
© Biblioteca do coração - janeiro/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Maidy Lacerda. Se inscrevam clicando aqui
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo