É o fim!

10 de jun de 2015
Oi meus amores,
Hoje eu vou falar de algo que provavelmente já aconteceu com milhares de pessoas e com certeza com algumas de nossas leitoras (e leitores). Eu estou falando do término de relacionamento, cada um reage de alguma maneira diante disso, uns resolvem sair pra festas e baladas, outros preferem ficar em casa chorando com um pote de sorvete do lado, outros simplesmente seguem em frente.


Por isso eu conversei com algumas pessoas e elas me falaram como reagiram e lidaram com essa fase complicada.

“Eu estava com meu namorado. Ele dormiu no meu colo e deixou o celular desbloqueado, eu peguei e estava o facebook aberto. Vi que tinha uma conversa com uma menina,
então eu peguei pra ler. Na conversa não tinha nada de mais, mas eu não havia gostado dele ter conversado, da postura dele. Ai a primeira reação que eu tive foi pedir explicação, fomos pro lado de fora e eu comecei a berrar, ai nós terminamos. Ficamos um mês separados, mas ele não me deixou em paz, nos vimos quase todos os dias desse um mês separados, ele parecia um psicopata me perseguindo. Nesse tempo eu fiquei pensando se fiz a coisa certa, porque querendo ou não eu gostava dele, mas eu estava com muito ódio. Só que quando eu via ele, eu me derretia toda, mas tentava manter a postura de durona. Acabou que voltamos, ão tem jeito, quando gosta de verdade a gente acaba dando uma segunda chance.” – Caroline Lima, 18 – São José dos Campos, SP


“Bem, eu sai muito só para postar foto e fiquei com um outro cara. Mas na verdade a melhor coisa que fiz, foi quando mandei um foda-se e simplesmente sumi, não falei, só deixei ele com aquele gostinho de “o que ela tá fazendo?”. No começo foi complicado, senti a falta dele, era um relacionamento de um ano e pouco, então sem chances de não sofrer pelo menos um pouquinho, mas resolvi não mostrar isso pra ele, tanto que postei várias fotos curtindo. Dois amigos me ajudaram muito, o primeiro foi o meu amigo que deu o melhor conselho de todos ‘curte como se não houvesse amanhã e ignora ele como se não existisse, porque enquanto você estiver gritando, brigando ou o que for, você vai estar demonstrando importância’ e o outro foi o namorado de uma amiga que deixava eu mandar mensagem xingando como se fosse para o meu ex, e foi excelente, eu xingava ele de verdade, tadinho. kkkk. Só que no final de tudo a gente se gosta mesmo e acabamos voltando um tempo depois. ” – Ianca Machado, 18 – São José dos Campos, SP


“Eu terminei, fiquei triste e com raiva pelo motivo que me levou a fazer isso, nos primeiros dias foi pior, mas na primeira vez que sai com as minhas amigas começou a melhorar. Percebi que superei depois de um tempo, que eu via outros caras e não pensava nele automaticamente. O negócio é que quando as coisas terminam mal resolvidas, sempre voltam. Foi bom eu ter terminado porque muita coisa boa aconteceu depois disso, mas não posso falar que foi ruim o tempo que a gente ficou junto porque se não fosse eu nem teria namorado com ele, mas serviu como aprendizado. Eu pensei em voltar quando ele me procurou, mas depois decidi que não voltaria e não me arrependo disso.” – Marcelle Felix, 17 – Belo Horizonte, MG



“Olha, eu comecei a namorar, mas não foi um namoro muito oficial, porque ambos não conhecemos os nossos sogros. Durou pouco, foi mais ou menos uns três meses, mas tinha uns amigos meus que começaram a dizer que essa menina não valia muito, que não prestava, que eu iria sofrer e tal, só que quando a gente namora ficamos cegos, surdos e mudos, então não quis dar atenção para o que eles falavam. Até que um belo dia, peguei ela com um outro cara numa festa junina e ai foi uma loucura, algumas amigas minhas
brigando com ela, mas eu só segui em frente, preferi deixar pra lá e inclusive o presente de dia dos namorados que comprei dei pra minha mãe rsrs.” – Max Magno, 18 anos – Caçapava, SP


“Eu era bem novo quando comecei a namorar com essa menina, e ela estava se mudando para São Paulo quando descobrimos que éramos apaixonados um pelo outro. Mas ai ela foi embora, e nos víamos quando ela vinha pra cá e conversávamos muito pela internet. Durou 5 anos com muitos términos e brigas, mas a gente sempre acabava voltando. Só que eu descobri que ela tinha um namorado lá em São Paulo, então como foi muito tempo juntos eu sofri bastante, mas me fez um bem muito grande também. Eu quis melhorar, então eu emagreci bastante e toquei minha vida em frente, eu amadureci, foi um término difícil, mas foi algo que me fez bem. Antigamente teve um significado muito grande, mas hoje não vale mais nada pra mim.” – Marco Bruno, 17 – São José dos Campos, SP 


"Bem, era um namoro a distancia. Ele durou 5 meses, apesar de termos nos encontrado apenas 3 vezes nesse período. Logicamente, a distancia foi a principal causa. Eu e a moça até reagimos bem com a situação. Logo quando voltei de viagem (fui homem o suficiente pra terminar com a menina na cidade dela) já fiquei com uma moça que tínhamos uma "amizade colorida". Fiquei sabendo que minha ex engatou um namoro depois também com um rapaz chamado Renan (que coincidência hein) também, também alto. Quem sentiu mais o baque foi a mãe da minha ex, que gostava muito de mim. A coitada até foi parar no hospital quando soube da noticia kkk mas nada que me fizesse voltar atrás. Superei tranquilamente o fim do namoro, mas ainda procuro aquilo a mais em uma mulher pra voltar a namorar. Mas ai já é assunto pra um próximo depoimento rs" - Renan Moraes, 23 - São José dos Campos, SP 




“Quando eu terminei foi tranquilo, eu e ela precisávamos disso, aconteceram várias coisas que nos levou a dar um tempo que na verdade dura até hoje hahaha, mas fiquei tranquilo, não sofri não, fez bem pros dois e hoje somos amigos.” – Leonardo Gouvêa, 17 anos – São José dos Campos, SP




”O porque eu terminei? Ah, terminamos rs. Ela disse que não queria nada sério agora, e disse que não estava preparada e eu só aceitei, tínhamos alguma coisa, mas eu não gostava tanto dela, acho que foi por isso que eu só segui em frente, não sofri não. E ela sempre foi muito insegura comigo, eu não dou muita importância para algumas coisas, então a gente preferiu acabar com o que tínhamos.” – Marcelo Palmeira, 19 – São José dos Campos, SP

“Bom, eu que terminei com ele. Só que uma semana depois do término do nosso namoro, ele pediu outra garota em namoro e com isso eu sofri bastante, porque eu tive vergonha do que aconteceu, então foram quatro meses bem tensos. E eu só ficava em casa, não conseguia sair, ainda mais depois do que ele fez.” – Anônimo

“Desde quando eu terminei, a primeira reação foi raiva, eu comecei a me sentir sozinha. Mas depois eu percebi que eu não merecia ficar sofrendo, e desde então eu taquei o foda-se e decidi não ficar sofrendo por quem me traiu e me machucou tanto. Então eu acho que lidei muito bem, sai por cima, mas por dentro eu ainda me sinto meio triste, sozinha, é um vazio sem ele, porque eu realmente ainda amo ele, então é difícil.” – Anônimo

Então, é isso ai galera bonita, como vocês fizeram para superar um fim de relacionamento? Foi fácil? Foi tenso pra caramba? Conta ai.
Beijos da Mands

0 comentários:

Postar um comentário

 
© Biblioteca do coração - janeiro/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Maidy Lacerda. Se inscrevam clicando aqui
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo