How To get away with a murder

7 de mar de 2016
Oie! Tudo certo?

Se tem algo que eu não abro mão de jeito nenhum é maratonar séries do Netflix, já virou vício, é rotina!
E dentre as milhares de séries boas que temos por ai, hoje resolvi falar de How to get away with a murder, nome complicado? Pois bem, essa série não foi feita só para você ficar louco tentando pronunciar o nome, mas um de seus propósitos é fazer você perder noites de sono só para assisti-la.




Você acha que os advogados são completamente justos? Comece a pensar nisso...

Annalise Keating é uma excelente professora de Direito Penal da Universidade Middleton, suas aulas são sempre muito dinâmicas, colocando os alunos dentro da realidade do direito, Annalise tem um costume de escolher 4 alunos de sua turma para trabalhar com ela, sua escolha é baseada no desempenho dos alunos perante algum caso, os escolhidos do ano foram Connor Walsh, Michaela Pratt, Asher Millstone, Laurel Castillo e Wes Gibbins.
Esses 4 brilhantes alunos estão sempre ajudando a incrível advogada em seus casos, procuram pistas, grandes evidências e aprendem certos "macetes" para conseguirem o que querem, aprenderam direitinho com a professora que nem sempre é tão justa assim em seus casos!




Acha mesmo que o climax da série está só nos casos penais? ESTÁ MUITO ENGANADO, sente aqui, vamos por partes....

Annalise é casada com  professor de psicologia Sam, mas tem um caso com um detetive Nate, parece complicado né? Mas para abalar ainda mais as estruturas dela, acontece um caso na escola de uma aluna encontrada morta e quando os pontos e pistas vão se ligando, a vida de Annalise entra em um verdadeiro colapso, traições reveladas, alunos podem estar envolvidos, professores também...

O bom da série é que a cada episódio sua curiosidade aumenta cada vez mais e é assim que você acaba deixando de dormir para terminar toda a temporada! Para nos atiçar ainda mais, o seriado já começa com 4 alunos tentando resolver o que fazer com o corpo de um cara que já estava morto! Sim, parece loucura! Você acaba querendo saber o que aconteceu com o cara e o que aconteceu com a estudante morta! 

Cada episódio é um caso diferente que eles resolvem e é sempre bom prestar atenção para ligar todas as pistas, pois também aparece um pouquinho sobre a situação em que os alunos se meteram tentando esconder o corpo do cara morto! Você pode não ter entrado para a faculdade de direito, mas aqui, meus queridos, vocês aprendem e muito!



Migo seus loucos! O que vocês estão esperando pra assistir? Ainda não se convenceram que é bom? Ainda acham que  assunto vai ser maçante? Ah pera aí... Analise direito essa série, dê uma chance e assista o primeiro episódio, aposto que não vai parar até terminar!


Espero então que tenham ficado pelo menos curiosos para dar play no Netflix e maratonar essa belezura!
Beijos,
Lua.




2 comentários:

  1. Eu amo loucamente, apaixonadamente essa série *--* quando crescer quero ser uma advogada igual a Annalise, haha, sem os assassinatos, claro! Eu também quase morri tentando falar o nome da série, mas com muito custo hoje eu consigo e ainda brinco e trava língua com minha colega usando o nome haha, 'rawtchuguetiaueiuitmorder'. Adorei a postagem, totalmente também recomendo essa série!

    http://www.leitorasvorazes.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa série é loucura total! Não tem como não amar! E realmente é um trava língua, já me acostumei e hoje também sei falar, mas n cmeço fi torturante!
      Beijos

      Excluir

 
© Biblioteca do coração - janeiro/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Maidy Lacerda. Se inscrevam clicando aqui
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo