Pokémon GO

13 de jul de 2016

 Oi gente, 
Hoje é dia de polêmica...ou no caso só vou contar um pouco sobre esse novo aplicativo que é febre e já é mais utilizado que o Tinder e, não, eu não estou brincando. 

O aplicativo Pokémon Go mal lançou e já esta repercutindo de forma grandiosa pelo mundo todo. Isso aconteceu graças aos fãs que estão levando bem a sério o trabalho de um treinador de pokemons.
O aplicativo é mais ou menos o que acontece na história: No jogo, as criaturas estão espalhadas pelo mundo real para serem capturadas pelos jogadores. O processo de captura é quase mágico: o jogador abre a câmera do celular e o monstrinho surge na tela, como um desenho no mundo real. Para prendê-lo é preciso acertar uma pokébola virtual nele. Mas a captura é apenas a primeira parte do jogo. Assim como nos programas e filmes, eles devem ser treinados para “evoluírem” e se tornarem mais poderosos. Os treinadores se dividem entre três equipes, e o objetivo final é conquistar o máximo de “ginásios”, que também estão espalhados pelas cidades. Deu pra entender né? 

Mas não paramos por aqui. Desde o lançamento, na quarta-feira, em três países (Nova Zelândia, Estados Unidos e Austrália), o jogo tem acarretado uma série de situações bizarras e até engraçadas. Tirando que o Brasil não ficou de fora, mesmo não tendo o aplicativo disponível, já participa da zoeira. 

Vou contar algumas pra vocês. 


1) Um ginásio e o caiaque

Parece que duas jovens usaram um caiaque para chegar até um ginásio em um lago da Nova Zelândia. A jovem Kelsey Thomson não se viu abalada pelo ginásio estar no meio de um lago e atravessou mesmo assim. Ela até postou no Twitter sua vitória: "Sim, fomos de caiaque para a fonte parar tomar este ginásio".

2) O chato que acaba com a brincadeira

É claro que o aplicativo não ficaria de fora daqueles que, de alguma forma, tentam se beneficiar da situação, seja ela de maneira boa ou ruim. Foi criado um vírus no nome do aplicativo que aparecia em uma pesquisa antecipada no Brasil. O aplicativo malicioso utiliza a mesma identidade visual do jogo e ai, todos os interessados em jogar, acabam caindo nessa cilada. 

3) Um Pidgey antes que a minha filha

O americano Jonathan Theriot acompanhava sua mulher na espera por sua terceira filha, se surpreendeu ao ver um Pidgey na ponta da cama em que a esposa estava. Pokémon Go te acompanha até em momentos como esse, olha que lindo. Ele não perdeu a oportunidade e capturou o Pidgey e ainda mostrou para sua mulher. Ela não ficou brava, achou a situação engraçada. A pequena Ireland nasceu saudável no dia 7 de julho. 

4) Mãos para o alto, me passa esse Charmander

Ok, não foi bem assim. Aparentemente, os suspeitos utilizaram algum tipo de isca dentro do jogo, que atrai Pokémon e, consequentemente, jogadores para o local e aí, realizam o assalto. Foram 4 suspeitos localizados em Missouri. É uma boa estratégia, mas não façam isso. (Mas é realmente uma boa estratégia

5) O que fazer quando moro em um ginásio? Pesquisando no google

Primeiro conto a história de Boon Sheridan, que mora onde antes era uma igreja e percebeu que sua casa estava sendo bem visitada por jogadores. As pessoas visitavam a casa de Sheridan e ficavam entre 10 minutos nos arredores antes de ir embora. A preocupação do morador era a visita continua do pessoal acarretar em suspeitas policiais e insatisfação dos vizinhos. Ele reclamou em seu twitter dizendo: "Será que eu tenho direitos quando um lugar virtual é forçado sobre mim? Comércio tem expectativas do tipo, mas esta é a minha casa". 
Outro lugar que sofreu com a visita de jogadores, foi a estação de polícia da cidade de Darwin, na Austrália que virou um Pokestop, que permite pegar mais pokébolas e equipamentos. A equipe das Forças de Polícia, Incêndio e Emergência dos Territórios do Norte da Austrália soltaram um comunicado que dizia o seguinte: "Para os treinadores Pokémon por aí usando Pokémon Go, enquanto a Estação Policial de Darwin aparecer como uma Pokestop, tenham ciência de que vocês não precisam entrar nela para ganhar pokébolas. Também é uma boa ideia olhar para cima, para longe do seu telefone e para os dois lados antes de atravessar a rua, aquele Sandshrew não vai a lugar nenhum tão cedo". Eles até foram legais né? 

E por último: 

6) Procurei um Pokémon, achei um corpo 

Não, você não leu errado. A jovem Shayla Wiggins procurava por Pokémon nos arredores do rio Big Wind, nos EUA, quando acabou achando o corpo de um homem em suas margens. Parece que o homem se afogou acidentalmente e não há suspeita de homicídio. Imagine se tivesse um Haunter ali do lado do cara, acho que eu deixaria de lado dessa vez. 

É isso pessoal. O aplicativo tem gerado polêmica, tem feito fã feliz, tem gerado uma série de piadas e memes, mas o que importa é que tá muito legal acompanhar tudo isso. 

Beijos da Mands


P.S: O site do UOL Jogos me deu uma ajudinha nas informações acima. 

6 comentários:

  1. Olá, tudo bem? Não sou fã, mas pelo o que você disse, parece ser um aplicativo bem legal mesmo, rs. Não sabia dessa polêmica ainda.

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, tem um monte de coisa bizarra acontecendo com o pessoal que adquiriu o jogo, é engraçado de ver as histórias.

      Beijos,

      Excluir
  2. Olha só eu nem sabia que tinha um aplicativo :)
    Obrigada pela dica e pelos prós e contras.
    Beijos,
    Juliana.
    http://www.fabulonica.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi! Pois é, o aplicativo foi lançado nesses últimos dias, mas infelizmente ainda não foi lançado aqui no Brasil! Imagina as histórias bizarras que irão surgir por aqui!
      Beijão

      Excluir
  3. Queria tanto , mas TANTO que lançasse no Brasil ;-; seria uma criança realizada haha
    Indiquei vocês em uma tag ♥
    Blog: estacaonoventae7.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi! kkk esperamos o lançamento também, juntamente com as zueras hehe.
      Obrigada pela indicação, iremos fazer a tag!
      Beijão

      Excluir

 
© Biblioteca do coração - janeiro/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Maidy Lacerda. Se inscrevam clicando aqui
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo