O que esperar do filme dos Power Rangers?

27 de jan de 2017

No dia 23 de março deste ano chegará aos cinemas mundiais o novo filme dos Power Rangers. Série essa de muito sucesso na década de 90 e no início dos anos 2000 e que já rendeu dois filmes, mas que desta vez chega com uma proposta inovadora e completamente desprendida de certos detalhes presos à mitologia dos Rangers. Mas, o que exatamente podemos esperar de um filme de tal franquia que já não tem o mesmo sucesso de outrora?

Para começar, algo que nos faz entender muito bem o que esperar é a produtora do filme. Power Rangers é produzido pela Lionsgate. A empresa de origem canadense mas que atualmente é sediada nos Estados Unidos é responsável pela produção de franquias famosas, como Mercenários, Divergente, Jogos Vorazes e Truque de Mestre. Jogos Vorazes e Divergente nos faz entender um pouco do que podemos esperar. Um tom levemente obscuro, protagonizado por jovens com grandes responsabilidades em suas mãos. O tom do filme deverá ser semelhante aos citados (não estou citando a qualidade de tais filmes, ainda).


Pouco se sabe sobre a ação no filme. Na tradicional série dos Power Rangers vemos lutas muito bem coreografadas (muito por serem feitas por dublês japoneses), não tão violentas e com o a faísca muito presente. O “uniforme” dos Rangers no filme não dá a impressão de grande mobilidade comparada à série, ainda que os produtores tenham citado um hibrido de mobilidade e proteção, o que pode fazer com que as cenas de luta sejam menos acrobáticas e mais de força bruta.


Se tratando em elenco, a produção do filme tratou de trazer três nomes de peso. O primeiro e mais badalado é o ator Bryan Cranston, protagonista da premiada série Breaking Bad no papel de Walter White, que interpretará Zordon, o líder dos Rangers. Outro destaque vai para Elizabeth Banks, atriz que tem grande destaque por sua atuaão em filmes de comédia e que esteve presente em grandes sucessos como A Escolha Perfeita e Jogos Vorazes, que interpretará a vilã Rita Repulsa. Para fechar o trio de grandes nomes, o filme terá Bill Hader, também destacado por sua atuação em comédias como Superbad e Saturday Night Live, além de ser conhecido por trabalhos de dublagem em filmes como Procurando Dory e Festa da Salsicha, que será a voz de Alpha 5, um robô que é uma espécie de auxiliar do Zordon. Entre os Rangers, todos são atores jovens, mas destaque para Naomi Scott, uma das protagonistas do filme Lemonade Mouth.


Sobre a trama em si, não dá pra negar que o filme acaba sendo um tanto quanto cliché, com o grupo de jovens que não são amigos se juntam por algo maior, o que não daria pra fugir levando em conta que essa é a trama principal dos Power Rangers.


Tenho Power Rangers como uma das minhas grandes curiosidades para 2017, se tratando de algo que gosto muito mas que tenho ciência da dificuldade de ser fazer algo bem sucedido, levando em conta que já não está presente no grupo de séries “mainstream”, até por ter sua produção focada no público infantil, o que faz com que esse filme seja ainda mais importante para conquistar novos fãs de idades mais avançadas. Há ainda o receio por ser um filme produzido pela Lionsgate, mas estou torcendo muito para ver um bom filme. 

0 comentários:

Postar um comentário

 
© Biblioteca do coração - janeiro/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Maidy Lacerda. Se inscrevam clicando aqui
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo