[CRÍTICA] A Bela e a Fera

22 de mar de 2017


E aí galerão, tudo numa boa? 
Fui conferir o tão falado filme da Bela e a Fera, sou fã da Disney, igual a metade da população mundial, então fui com as expectativas nas alturas e olha... MARAVILHOSO. 
Por isso, nada mais justo do que vir aqui contar as fofocas do filme para que vocês possam correr no cinema e assistir essa maravilha.


Para quem não sabe A Bela e a Fera foi lançado em 1991 e era um filme de gênero musical e após fazer muito sucesso, acabou se transformando em um musical da Broadway, o primeiro musical da Disney no teatro. 
A história tem milhares de fãs, não só por ser uma princesa da Disney, mas por ter um conto maravilhoso e que acaba tornando-se leve já que tem as músicas compostas por Alan Meenken, que da um charme todo no filme original. 

Como muitos já conhecem, a história da Bela é simples, conturbada ao mesmo tempo e possui muitas variações do enredo,mas como a maioria conhece... Ela vive com seu pai que é viúvo, ele tinha perdido seu barco, mas recebeu uma notícia de que encontraram os pertences que estavam nele e ele foi até a cidade conferir, perguntou para sua filha o que queria de presente e como sempre ela pediu uma linda rosa. Ele vai até a cidade e descobre que suas coisas foram vendidas para pagar suas dívidas, no caminho para casa ele sofre um pequeno acidente com os lobos e com a tempestade e para em um castelo maravilhoso que estranhamente servia comida a vontade e os objetos tinham vida, assustado ele sai correndo e se depara com um roseiral, lembra do pedido de sua filha e colhe uma rosa, a Fera, dona do castelo, fica extremamente furioso e o chama de ladrão, prende ele para sempre. O pai de Bela insiste que a rosa era para sua filha e pede liberdade, mas a Fera diz que apenas o libertaria se ele trocasse de lugar com a Bela e ela aceita essa condição. 
A partir daí ela fica presa no castelo, mas vai conhecendo um lado diferente da Fera, o lado bom, eles vão se entendendo, se dando bem e um sentimento vem crescendo entre eles, o que pode desfazer o feitiço que foi lançando na Fera quando ele ainda era um príncipe arrogante e que não se preocupava com ninguém, a ponto de não oferecer abrigo para uma pobre velha que era uma feiticeira.



"Nunca devemos julgar as pessoas pela aparência, pois elas podem nos surpreender."

Depois do filme original, já foram gravadas muitas versões dessa história em live action, mas a Disney nos surpreendeu quando disseram que fariam a versão deles de A Bela e a Fera em live action e claro que o mundo aplaudiu essa notícia e vibrou quando soube que Emma Watson iria interpretar a Bela. 

Por ser um live action o filme está praticamente igualzinho ao original, senti falta apenas de alguns detalhes, algumas partes que não tem nessa versão, mas são pouquíssimas coisas, como por exemplo os irmãos da bela que não aparecem nesse filme, um instrumento que era do mal no filme original e que não aparece nesse atual, o início do filme ele não vai buscar os pertences do barco, mas sim ir para a cidade e leva sua caixinha de música que ele mesmo produziu. Mas isso não muda de forma alguma a magia ou o sentido da história.

Os objetos ficaram maravilhosos, fiquei encantada com o Lumier, a Plumate, o Relógio, tudo... Ficaram lindos, simples, elegantes. O figurino caprichadíssimo, o vestido amarelo IGUAL AO ORIGINAL e eu amei quando vi!!! 


Pontos positivos para Disney e o diretor Bill Condon: os detalhes do filme, ele não se atentou só nos objetos e detalhes originais (apesar de descartar alguns), como também na época e lugar em que a história aconteceu, Na França em um século onde as pessoas ainda usavam aqueles vestidos magníficos, as perucas brancas e aconteciam aqueles bailes maravilhosos e tudo isso está presente no filme, o que nos transporta realmente para a época e para a história em si. Podemos ver também um pouco do que aconteceu com a mãe da Bela, algo que não tínhamos tanto contato assim e um pouco da história da Fera também, isso fez toda a diferença.

"São os seus defeitos que fazem de você uma pessoa unica."

As músicas são originais, mas temos mais algumas inéditas. Os personagens são incríveis, os atores mais ainda, O gastão ficou realmente aquele personagem que a gente detesta por ser tão insistente, bruto e se achar demais, o Lefou, que foi o primeiro personagem gay da Disney, ficou INCRÍVEL! Achei ele o mais engraçadíssimo, ele conseguia ter um jeito único e que deixa qualquer um apaixonado, tinha um coração bom. Para mim a Emma não existe mais, ela realmente se transformou na Bela e ver o que ela fez emociona qualquer um!!



Não tenho nem palavras para o filme, teve alguns pontos negativos como a falta de alguns detalhes e uma telinha preta que aparece por no máximo 2 segundos, mas que não tinha muito sentido porque serve para mudar a cena completamente de uma para a outra, deixando um furinho de leve na história, de resto, tudo ok.

A obra no geral ficou divina, eu confesso que chorei no final, principalmente porque temos aquela cena do Gastão indo atrás da Fera e a gente já está naquele nível de amar a Bela e a Fera juntos sabe? Da um aperto, até parece que nunca assistimos o filme hehe. 


De 0 a 10 eu sem sombra de dúvidas dou nota 10. O filme é incrível, maravilhoso, mágico, é a Disney pura! Vocês vão amar, tenho certeza. Vale a pena.

Espero muito que tenham gostado e que tenham a oportunidade de ir assistir.
Beijos

6 comentários:

  1. Olá Lua, tudo bem?
    Que resenha maravilhosa! Ainda não tive a oportunidade de conferir o filme, mas estou super ansiosa, todos estão falando maravilhas...rs.
    Beijos e seguindo aqui...

    http://excentricagarota.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Esther, tudo sim e com você?
      Menina.. Ta maravilhoso e você vai amar, tenho certeza hehe, principalmente se você curtia ou amava o desenho original.
      Beijão e seja muito bem vinda.

      Excluir
  2. Oi Lua!! Que blog mais lindo, fiquei encantada ♥
    Já estou seguindo, e estarei sempre aqui.
    Menina eu amei sua crítica, adorei saber mais detalhes do filme.
    Beijos
    http://lua-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!!!
      Posso dizer o mesmo do seu blog! Fiquei encantada.
      Fico feliz que tenha curtido a crítica e espero que ame o filme se decidir assistir!
      Seja bem vinda.
      Beijão

      Excluir
  3. Oe!!
    Eu quero tanto ver esse filme que eu já tô ficando na bad por TODO MUNDO já ter visto e eu não :c Mas um dia eu assisto hahaha Fico checando a nota dele no Rotten Tomatoes toda hora pra ver se baixa ou aumenta. Tive tanta expectativa nesse lançamento que não quero me decepcionar. Ouvi pessoas falando muito bem e muito mal.
    Beijos!
    Se Esse Mundo Fosse Meu

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!!!
      Críticas do Rotten nem sempre são iguais a do povo viu? Mas vai por mim, você vai amar, quem estava querendo algo totalmente novo e diferente talvez não tenha curtido, agora quem estava esperando pra ver um clássico em live action... certeza que Amou!
      Beijão

      Excluir

 
© Biblioteca do coração - janeiro/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Maidy Lacerda. Se inscrevam clicando aqui
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo