[CRÍTICA] The Discovery

20 de abr de 2017

E aí meu povo, tudo numa boa?
Para alimentar esse blog com dicas de filmes, eu fui novamente conferir um lançamento da Netflix, assisti já faz 1 semana, mas tinham outras postagens na lista. 
O filme é o The Discovery, seu lançamento coincidiu com o da série 13 Reasons Why e o assunto é um pouco parecido, mas dessa vez sem bullying...

The discovery é uma romântica ficção científica e trata de um assunto sério, as consequências que algumas descobertas podem causar. Quando o cientista Thomas faz alguns estudos e descobre que existe uma vida após a morte, muitas pessoas passam a se suicidar para ir para o lado de lá, o número de mortes cresce muitooo a cada dia e no aniversário de 2 anos da descoberta os números chegam a ser absurdamente altos. Preocupado com o rumo das coisas, o filho de Thomas, Will, viaja para a casa onde o pai está isolado juntamente com seu irmão Toby e pede para o pai parar com as pesquisas. No meio dessa viajem ele conhece Isla, uma mulher linda, mas que tenta se matar na praia e por impulso o Will a ajuda e a leva para a então mansão que o pai está hospedado, junto com outras pessoas que também tentaram encontrar o lado de lá. O que  Will não sabe é porquê seu pai ainda da continuidade aos seus estudos e pesquisas, porquê Isla tenta se matar e no que tudo isso vai acarretar.


A temática parece pesada, mas na verdade não é, os suicídios são só o estopim para tudo que tem por vir. 
No começo do filme você chega a acreditar que Thomas é um grande babaca, mas durante a trama vamos descobrindo um pouco do seu passado e tudo começa a fazer sentido. 
Quando Will era criança, ele teve uma experiência de morte, porém ressuscitou e contou para o pai que viu outras coisas, como se ainda estivesse vivo. A partir daí o pai ficou interessado em fazer descobertas, para agravar ainda mais a situação, a mãe de Will se matou no aniversário de casamento, após perceber que o marido já não ligava para ela e sim para os estudos. Tudo isso se transformou nos motivos pelos quais Thomas faz a descoberta e depois continua com os estudos para descobrir para onde elas vão.
O mais interessante é que ele faz isso pois se arrepende de não ter dado a devida atenção para sua esposa e tenta descobrir se ela está em um lugar melhor, se ela realmente foi para algum lugar, depois disso as descobertas teriam o seu fim. Porém ele não enxerga o estrago disso tudo, o quanto isso afeta totalmente a vida de outras pessoas.


Achei a fotografia e a trilha sonora do filme muito bem produzida, amo fotografias dos filmes, isso é incrível!
Achei o enredo muito bem construído, inclusive eu amei todos os personagens, eu não consegui odiar nenhum deles, por terem um passado tão complicado e tão coligado. 

A única coisa que me incomodou um pouco foi o final, parece que tudo que você assistiu foi uma ilusão quando você finalmente descobre o verdadeiro desfecho de alguns personagens e isso acaba amarrando a trama de uma forma confusa, claro que o filme é bom, o final é completamente inesperado, me deixou muito surpresa, mas ao mesmo tempo confusa. 
Vocês precisam assistir por valer a pena e me contem o que acharam desse final, por favor, polêmico haha.


Bom de 0 a 10 a nota escolhida é 7,5, é um ótimo filme para assistir quando você está sem muito o que fazer e precisa ou quer ver alguma coisinha no Netflix, ainda assim acho que vão gostar, pois como eu disse, vale a pena assistir essa ficção científica que creio eu não ser tão impossível de se tornar realidade....

Espero que tenha curtido, 
Beijos.

0 comentários:

Postar um comentário

 
© Biblioteca do coração - janeiro/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Maidy Lacerda. Se inscrevam clicando aqui
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo