[CRÍTICA] Guardiões da Galáxia Vol.2

8 de mai de 2017

E aí meu povo, tudo na paz?
Dia 27 tivemos a estreia de Guardiões, sucesso! Eu e Mands fomos assistir e obviamente faremos uma crítica (acho que teremos milhões de elogios por aqui), confere aí!


O primeiro filme dessa saga foi incrível, ficamos apaixonados pela trilha sonora, pelo Senhor das Estrelas e já shippamos ele com a Gamora! Nos apegamos ao Groot, queríamos ser amigos do Rocky e acalmar os nervos do Drax! 

No vol.2 algumas coisas mudaram, mas nosso amor não!

Podemos acompanhar agora a parte 2 da fita do Peter, que foi lhe dada de presente por sua mãe falecida (amamos as músicas!), porém essa fita embala as maravilhosas aventuras que eles vivem nesse segundo filme. Agora que os Guardiões se descobriram como uma família, eles precisam se manter ainda mais unidos para conseguirem descobrir qual é a vibe do pai de Peter que resolveu reaparecer assim do nada! E para piorar a situação, eles se envolveram em uma confusão com os Soberanos, que são bons de briga!


Esse filme consegue desenvolver 2 conflitos e nenhum chega a atravessar o outro sem fazer sentido algum. Logo no começo do filme podemos ver os Guardiões realizando um serviço e por um impulso egoísta e jovial de Rocky, a equipe toda acaba sendo marcada pelos Soberanos, que acabam os caçando para conseguir a "vingança" por terem roubado a bateria poderosa. Pode parecer que a aventura é apenas essa, mas quando eles tentam fugir dessa enrascada, acabam tendo uma ajudinha de uma pessoa, até então, desconhecida e que depois se apresenta como Ego, o pai de Peter. 
Para quem lê quadrinhos, pode ter sacado a pegada do filme, já que nas histórias Ego é um planeta com rosto e no filme Ego é apresentado como um Celestial, um cara que com sua energia consegue fazer um planeta só seu!

No começo, Peter fica na indecisão de acreditar que ele, realmente, é seu pai. Pensem comigo, por que raios o cara só aparece agora? Ego conta que pediu para o nosso conhecido Yondu buscá-lo na terra, mas Yondu o usa para roubar coisas, já que o corpo magrelo de Peter consegue entrar em lugares pequenos. Gamora acaba o convencendo de dar uma chance para o seu pai... O perigo está aí! as coisas começam a ficar estranhas quando eles vão para o planeta Ego e vão descobrindo quem ele realmente é, sem contar a sua ajudante Matins, que apesar de ser um fofa, esconde um grande segredo das intenções verdadeiras de Ego.


Lua - talvez contenham pequenos spoilers, bem pequenos mesmo tá?

Sem sombra de dúvidas eu AMEI o filme! Percebi que tem uma pegada muito mais engraçada do que o primeiro. inclusive o Drax era mais sério no primeiro filme e agora ele praticamente faz piada o filme todo! Achei essa mudança do personagem maravilhosa, deixa a trama ainda mais perfeita! 
A relação da Gamora e do Peter fica mais romântica, ainda não chegam lá do jeito que nós, meros shippadores, queremos, mas é gostoso de ver. Podemos entender um pouco do Rocky, é um personagem complexado, parece que ele não se encaixa em lugar algum, mas ele tem muito do Yondu na sua personalidade, que inclusive é um personagem bem importante para essa história e nós não conseguimos odiá-lo nesse filme como o odiamos no primeiro! 
Já o baby Groot, sem palavras né produção? Melhor personagem do universo! Ele encanta muito, toda a aparição dele você se derrete inteira! Pensa nessa coisinha nervosa? Fica ainda mais fofo! 
Nebula expressa mais os seus sentimentos nessa continuação, isso é incrível! Aliás, nesse filme conseguimos entender a essência e o sentimento de cada um deles e a forma que eles abordaram isso foi muito boa, não dispersou a história! 
Claro que o foco maior foi para o Peter, pois ele reencontra o seu pai e quando achamos que está tudo a mil maravilhas, percebemos o que ele achou que poderia ser o começo de uma nova família era só fachada e que sua família mesmo são os Guardiões e seu pai verdadeiro sempre será Yondu!

Eu chorei em algumas partes desse filme, principalmente porque achei muito verdadeiro alguns sentimentos, a lição que ele passa também é bonito, pai é quem cria né meu povo? A trilha é maravilhosa, aliás, teremos trilhas novas, já que a fita de Peter foi quebrada, porém ele ganha um aparelho mais moderno com 300 músicas! PRODUÇÃO JÁ PODE LIBERAR A PLAY PRA GENTE TÁ?

De 0 a 10 eu dou 10 né?
VALE CADA SEGUNDO. 

De resto, não sei o que dizer, está tão perfeito... A produção está incrível, eu gostei dos efeitos especiais, não achei que ficaram perfeitos, alguns pareciam infantis, mas combinou muito com a pegada do filme, por trazer uma parte mais engraçada! 
Os personagens mais uma vez maravilhosos, trilha nem se fala, temos aí David Bowie sendo contemplado novamente... Stan Lee aparecendo como sempre nos filmes e abalando nossas estruturas! Figurino incrível! 

Amanda - Contém spoilers!

A primeira sensação foi de: que filme é esse, meu Deus? Guardiões da Galáxia consegue nos animar e fazer rir desde a primeira cena...literalmente. Sabíamos que a pegada é mais comédia, que as intriguinhas de "família" que cada um tem com o outro, acabam em gargalhadas do público e, mais uma vez, fomos presenteados com um filme incrível. 

A Marvel tem construído muito bem a sua linha cronológica e para os amantes das HQs, apesar de muita coisa acabar alterada, o fan service é gostoso de ver e as referências são ótimas. 

Neste filme, pudemos conhecer um pouco mais de cada personagem. Fomos introduzidos na história de cada um sem nem perceber. E Drax, que antes era um brutamonte engraçado, se tornou icônico nesse filme. Vale parabenizar Dave Bautista por sua incrível atuação como Drax.

Fomos introduzidos em uma nova "batalha" dos Guardiões da Galáxia e ver o tamanho do universo que eles têm para trabalhar, é bem animador. A Marvel tem acertado muito com esse grupo, o que anima para ver a união de todo o universo Marvel. 

No mais, a trilha sonora nos conduz aos anos 80 de forma leve e perfeita. Tirando que as músicas são verdadeiros sucessos da época e está disponível no Spotify. Guardiões da Galáxia sempre vem com mais uma música para grudar na sua cabeça. 

De 0 a 10, minha nota é 10.
Sim, nota máxima, porque Guardiões da Galáxia conseguiu fazer o que muitos filmes não conseguem. Muitas vezes, com o primeiro filme, criamos imensas expectativas sobre sua continuação e acabamos nos decepcionando. Guardiões da Galáxia conseguiu alcançar o sucesso. Sua continuação foi ainda melhor que a primeira parte. Estamos ansiosos pela continuação. 

Novidades - teremos uma continuação, BRASIL!

É anunciado no final do filme uma continuação e coisas que, provavelmente, veremos por lá: crescimento do Groot, já que o filme termina com ele na adolescência (hilário). Então, Guerra Infinita teremos Groot em sua forma adulta novamente. O romance entre Gamora e Peter, porque, finalmente, ela assumiu que rola sentimento e, além disso, um pouco mais de confronto com os Soberanos, já que na cena final, vemos a Paragon apresentando sua arma: Adam! Muitos supõem que seja Adam Warlock, o pai de Peter Quill nas HQ's. 



TEM CENAS PÓS-CRÉDITOS!!!

Todos sabemos que filmes da Marvel tem cenas pós-créditos, por que vocês cismam de sair antes de assisti-las? E Guardiões da Galáxia nos presenteou com cinco cenas. Temos várias cenas, inclusive, aguardem até finalmente aparecer o logo da Marvel e parar de passar letreiros no telão! Ai sim acabou o filme, real oficial.
As cenas são maravilhosas, vocês vão amar! 

Por: Amanda Abdias e Lua Victoria

2 comentários:

  1. aaaaa eu tô DOIDA para assistir esse filme *u*
    Amei a resenha de vocês me deixou ainda mais ansiosa ♥
    Blog: www.estacaonoventae7.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Pathy!!!
      Você vai amar!!! Corre pra assistir!!!
      Beijão.

      Excluir

 
© Biblioteca do coração - janeiro/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Maidy Lacerda. Se inscrevam clicando aqui
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo